diário oficial
nota fiscal
transparência
ouvidoria
contracheque
leis
decretos
portarias

SMEC realiza formações direcionadas aos diretores e coordenadores escolares.

20-03-2017 |
Educação, Cultura e Esporte

Nos dias 15 e 16, a Secretaria Municipal de Educação, por meio do Setor Pedagógico promoveu, na Escola Rômulo Galvão, formações direcionadas aos coordenadores e diretores a respeito do papel do coordenador, o Novo Mais Educação e o NAPP – Núcleo de Atendimento Psicopedagógico e Psicológico.
“A nossa preocupação inicial é levar para as pessoas que estão envolvidas nessas ações, o conhecimento necessário para que possam, de forma mais segura, gerir todos esses projetos propostos, a partir dessas formações”, explicou Josineide Amaral, Coordenadora do Setor Pedagógico.
No primeiro dia, a formação teve como objetivo orientar os coordenadores pedagógicos de cada escola quanto ao papel que eles devem desenvolver no ambiente de trabalho, bem como suas atribuições e direcionamentos junto aos professores e gestores.
À tarde foram dadas as instruções e informações sobre o Novo Mais Educação, que será implementado por meio da realização de acompanhamento pedagógico em Língua Portuguesa e Matemática e do desenvolvimento de atividades nos campos de artes, cultura, esporte e lazer, impulsionando a melhoria do desempenho educacional mediante a complementação da carga horária dos alunos.
A coordenadora pedagógica informou que o programa dará início no mês de abril, em todas as escolas que estiverem cadastradas e ressaltou que ele é de extrema importância para os alunos, pois oferece aulas mais dinâmicas e é uma possibilidade deles ampliarem o conhecimento.
Por fim, durante a manhã de hoje, foi realizada a última formação sobre o Núcleo de atendimento especializado, no qual a Secretaria de Educação assumiu a responsabilidade em reestruturar o núcleo, visto que há uma demanda muito grande e os professores se vêem impotentes e inseguros para lidar com as crianças especiais. “Fizemos uma nova proposta para ser apresentada para os gestores e coordenadores, para que eles possam caminhar de forma mais segura”, disse Josineide Amaral.
O NAPP – Núcleo de Atendimento Psicopedagógico e Psicológico está voltado para o trabalho de intervenção, acompanhamento e investigação das causas que limitam as crianças a se desenvolverem na escola. “No primeiro momento, faremos um levantamento de quantos alunos possuem necessidades especiais, quantos alunos estão com vulnerabilidade social, fator que acaba dificultando na aprendizagem da criança. Pensando isso, partiremos para o próximo passo que é atender esses alunos e orientar pais e professores para que eles tenham avanço na escola e desenvolvam uma aprendizagem dentro e fora do contexto escolar”, explicou a Psicopedagoga, Mácia Carmo.